{Na minha máquina} Calça cenoura e saia de couro

Continuando a minha atualização do guarda-roupa handmade.

Hoje apresento as minhas peças favoritas feitas nos últimos tempos. Uma calça cenoura super confortável e cheia de estilo e a saia A feita de couro sintético prensado, dando a impressão de um matelassado. Ambos tecidos lindos adquiridos na Loja DonaDani, amor à primeira vista. <3

O molde da calça eu desenvolvi há 5 anos, para a minha primeira coleção que tinha uma “pegada” bem artesanal, cheia de bordados.

Olha ela aqui:

 

Acho lindo a modelagem cenoura, ela deixa o corpo bonito e super feminino.

No início do ano eu aproveitei o molde e fiz a mesma calça, mas em um tecido bem leve e molinho. Eu amei o resultado!

Nesta versão não apliquei o cintinho e fiz sem bolsos traseiros. Mais leve e perfeita para o verão. 😀

Veja como o tecido muda a cara da peça!

Veja como o tecido muda a cara da peça!

Gostei e usei tanto esta calça que decidi fazer mais uma, mas desta vez numa versão para dias mais frios. Ao ver esse tecido na Loja DonaDani não tive dúvida que seria nele que faria a versão longa da calça. Ela ficou assim:

Aqui usada com o casaco Smock desenvolvido para a primeira coleção, junto com a calça preta lá do começo. 🙂

Agora a saia.

Usei um molde bem simples, saia A com pouca abertura, deixei todo o destaque para o tecido. Virou uma peça super charmosa e versátil. Aqui em dois look:

No primeiro look usando a saia + o top que falei no post anterior, amando usar essa combinação. E no segundo, complementei com blusa gola Peter Pan + cardigan estilo vovó. Adoro!

Os moldes da peças logo estão disponíveis para venda. Já estão digitalizados, só faltam as fotos e os passo-a-passos. \o/

Para receber as informações de lançamento se cadastre aqui.

Espero que vocês tenham gostado. No próximo post da série espero trazer o casaco de lã que estou fazendo. Dedinhos cruzados. 😀

 


{Na minha máquina} Atualização do guarda-roupa handmade

Apesar da correria, das mil coisas para fazer, consegui finalmente costurar algumas roupas para mim. \o/

E claro, como previsto, nenhuma das peças feitas estavam na lista das prioridades para o guarda-roupa handmade emergencial de inverno. Mais alguém por aí sofre desse mal? Fazer planejamento e no decorrer se empolgar com outras coisas e passar essas na frente? 😀

Fiz duas blusas, uma calça e uma saia. Consegui modelar, cortar e entretelar um casaco, falarei dele mais para frente quando estiver pronto. Dedinhos cruzados.

A primeira peça vocês já viram no finalzinho do #memademay. Essa aqui:

Ela foi feita a partir do molde que ganhei da minha aluna Helena. O nome é Renfrew Top da Sewaholic, uma marca de moldes canadense.

Não sou muito de fã de malha, e nunca tinha feito nenhum projeto para mim neste tipo de tecido, mas como eu adorei essa gola grandona da blusa resolvi tentar. E adorei o resultado!

Essa versão da foto na verdade era para ser só um teste de tamanho, mas ficou tão fofo depois dos ajustes que resolvi adicionar ao meu guarda-roupas, e tenho usado bastante. O molde é bem fácil, e o acabamento também, fiz tudo usando overlock, rapidinho estava pronto.

Escolhi o tamanho que tinha exatamente as minhas medidas, mas na hora de ajustar vi que eu devia ter feito 2 tamanhos menores. Depois do ajuste a blusa vestiu super bem e é mega confortável. 😉

Me empolguei e acabei comprando malhas lindas na Loja DonaDani para fazer outras versões. A primeira delas é essa aqui:

top

 

Usei essa malha linda que parece uma camurça, super delícia e confortável, e a cor é um nude rosado bem feminino e delicado. Fiz o molde dois tamanhos menores e mesmo assim tive que fazer ajustes, acredito que seja devido a elasticidade do tecido. Diminuí o comprimento, fiz ela com mangas compridas e mais ajustada ao corpo. Subi e fechei mais o decote, o projeto inicial era fazer uma gola Peter Pan, mas não gostei do resultado, acabei optando por essa versão bem 50’s, adoro e acho elegante. 😉

Também tenho usado muuuito essa blusa, ela é quase uma segunda pele, e bem quentinha, não dá vontade de tirar do corpo.

Aqui ela em dois looks, com calça e com saia:

Acertou quem achou que essa calça cenoura e a saia de couro são as novas peças que mencionei lá em cima no começo, mas vou falar sobre elas em um próximo post. Não perca! 😉

 


Na minha máquina de costura

Na categoria “Na minha máquina” vou escrever sobre as costuras pessoais da semana. O que produzo para mim, para a casa, para o marido… Tudo o que for feito fora do trabalho. Espaço para a Francine pessoa física.

Confesso que semana passada não consegui parar para costurar, a correria anda louca, formatando cursos, preparando as apostilas, moldes e tocando os outros projetos da marca. Quando sobrou um tempinho usei para rever o planejamento do meu guarda-roupa handmade. Adicionei peças à lista e desta priorizei 5 peças para a confecção imediata.  😀

Foi uma semana de transferir, imprimir, colar, ajustar moldes. E só! :/

Vamos ver se nessa semana consigo andar mais um pouco.


Planejando um guarda-roupa handmade

Sabe aquela máxima ” Casa de ferreiro, espeto é de pau”? Então…

Eu adoro tudo o que crio para a marca, o que eu não usaria não entra em produção, mas eu acabo não ficando com quase nada. Quando dá um tempo, faço alguma peça para mim.

O friozinho chegando e me dou conta que meu guarda-roupas não está preparado para a estação. O que fazer? Se desesperar? Passar frio? Assumir o mendiga style? hahahaha Achei melhor fazer um planejamento de costuras, e produzir peças chaves para ficar quentinha e com estilo. 😉

Peguei minha coleção de revistas Burda, meus stickies fofitos, e fui marcando todas as peças que acho que combinam comigo e que eu gostaria de fazer. Tirei foto do modelo e anotei em um caderno a peça a ser feita, a edição da revista e a página. A lista ficou enorme. Hora de editar, ô coisa difícil!

O que fazer quando você se apaixonou por vários casacos e várias calças? Comece selecionado 2 modelos de cada, pois ainda têm blusas, vestidos, bermudas, saias… na lista. A vontade é de fazer todos os lindos casacos, mas cadê tempo? Se conseguir fazer um antes do inverno já vou ficar feliz. o.O

Eu compro a revista Burda há anos, antes as edições importadas e agora a brasileira, mas nunca tinha feito nenhuma peça a partir dos moldes. Eu acho muito mais fácil fazer a modelagem inteira, do que fazer ajustes e adaptações. Mas este ano decidi começar a usar esses moldes para fazer roupas para mim. É até um exercício para passar as dicas para minhas alunas, e agora por aqui. 😉

E você aí, faz algum planejamento? Me conte nos comentários.

Coleção de revistas

Desejando esta jaqueta (sem os recortes) , perfeita para o outono

Outra jaqueta desejada

 


Pattern collection > coming soon

molde02

Moldes lindos vindo por aí. Estou preparando uma coleção de moldes de roupas femininas para você fazer em casa.

Serão peças fáceis de fazer, para costureiras iniciantes e intermediárias. Os moldes terão 5 tamanhos, instruções ilustradas e facilitadas, para você se divertir fazendo suas próprias roupas, sem sofrimento. 🙂

Tudo bem feminino e elegante, a cara da marca Francine Lacerda.

Para saber tudo em primeira mão assine nossa lista e receba em seu email tudo sobre o pré-lançamento.molde01