Me Made May 2017

Maio acabou e com ele o Me Made May, o desafio costurístico mais aguardado e amado pelas costureiras. 😀

Quem não sabe do que estou falando vai aqui ó, neste post eu expliquei tudinho.

Essa foi minha terceira participação no desafio, eu usei pelo menos uma peça feita por mim todos os dias, mas não consegui registrar todos os looks. Alguns dias eu esqueci de tirar foto antes de me “desmontar” ou não tive tempo mesmo. :/

Aqui vão os registros que consegui fazer:

Balanço deste ano:

  • 8 looks total feito por mim
  • Usei muito mais peças de tricot (amando fazer roupas)
  • Usei mais calça jeans que de costume (deve ser o frio e a preguiça que vem com ele :P)
  • Eu repito roupa sem problema
  • A criatividade sempre é estimulada
  • Preciso fazer mais casacos e blusas de manga comprida
  • Investir mais em acessórios
  • Conforto para mim é fundamental

E você participou do #mmmay17? Me conta a sua experiência!

E quem já está ansiosa para a próxima edição? o/


boxytee Trico Francine Lacerda

Meu primeiro molde de tricot <3

Vocês sabem que sou apaixonada por tricot, né?! É o meu hobby favorito do momento. Nós, pessoas que adoram trabalhos manuais temos o impulso de tentar, experimentar várias técnicas, umas ficam por mais tempo, outras são passageiras.

O tricot entrou de vez na minha vida quando fiz uma oficina com as meninas do SuperZíper há 6/7 anos. Me apaixonei, no mesmo dia já saí com uma maxi gola feita por mim, e não parei mais.

Fiz vários projeto fáceis, para praticar, depois claro, queria me aventurar em peças mais complexas, mas eu tinha muita dificuldade para ler as receitas de tricot. Demorei para entender, e foi assim, do nada, de repente tudo começou a fazer sentido. E eu nunca poderia imaginar que um dia teria um molde desenvolvido por mim. 😀

Mês passado finalizei uma blusa que fiz e criei para mim, um projeto simples, mas muito charmoso. Fez tanto sucesso nas mídias sociais, várias pessoas pedindo a receita, tomei coragem e desenvolvi o meu molde/receita. Fiquei tão feliz por ter conseguido traduzir minha ideia para a receita e saber que ela vai chegar em muitas pessoas também apaixanoada por fios e agulhas. <3 Você encontra o molde para comprar, por um precinho super camarada, na minha página do Ravelry ou no site. Disponível em inglês e português.

Quero saber quem vai tentar! E mandem fotos da peça terminada. 😀


{Me Made May 16 • Semana 2}

E assim foi a minha participação na segunda semana do #MMMay16.

O meu objetivo inicial era ter pelo menos um look total handmade, e não é que estão saindo vários!!! Fiquei mega feliz em saber que tenho mais peças que coordenam entre si do que imaginava. 😀

Sexta-feira esqueci de tirar foto e Domingo foi dia de faxina, então ficaram faltando os dias 13 e 15. :/

 


{ Me Made May 16 • Semana 1 }

E mais um ME MADE MAY chegou. Yey! Para quem não sabe do que estou falando, expliquei tudinho no post do ano passado, aqui ó.

Aquela época do ano em que pipocam looks do dia pelas mídias sociais, sem vergonha nenhuma. Esse é o momento da celebração do Faça você mesma! De mostrar para o mundo com orgulho o que você fez, produziu com trabalho, carinho e dedicação.

É uma delícia acompanhar esse desafio, pois somos apresentadas à outras pessoas que curtem o mesmo que a gente; descobrimos novos moldes, novos tecidos, novas técnicas… E além de tudo é uma super inspiração.

Aqui vai o registro da minha primeira semana, você também pode acompanhar pelo Instagram, Facebook e Pinterest. 😉


Meu carnaval foi entre pontos e agulhas • Marinière Top

Início do ano, vários projetos e aulas rolando, fiquei envolvida e sem tempo de costurar. Depois de um mês sem conseguir chegar perto de uma máquina de costura e dar alguns pontinhos, bateu aquele desânimo e a vontade de costurar sumiu. Isso já aconteceu com você?  o.O

Projetos cortados esperando para serem montados, e nada do ânimo para costura.

O último ano foi bem corrido, não tirei férias, trabalhei nos fins de semana, nos feriados… Neste carnaval decidi me dar uma pausa, não fazer nada relacionado ao trabalho. Mas como não consigo ficar parada, adoro um ócio criativo e produtivo, decidi que faria um projeto de tricot, rápido, fácil e para usar já.

No último encontro das agulhas, a Cris Bertoluci estava vestindo um top cropped lindo e fiquei morrendo de vontade de fazer um. Como não achei receita do modelo como eu queria, resolvi fazer intuitivamente. Ando apaixonada pelo estilo náutico, amo branco + marinho + listras. Assim nasceu o top Marinière, na cara e na coragem. 😀

 

 

 

Sexta-feira de carnaval: primeiras carreiras.

Aproveitei que estava em Pinheiros e passei no armarinho Zuza para comprar linha para o meu projeto de carnaval, isso na sexta-feira, grito de carnaval!

No mesmo dia comecei o meu projeto. Utilizei agulha circular e linha de algodão dupla, assim o top andou super rápido. Na hora de fazer a cava e o decote fui comparando com um vestido que tenho e amo o decote dele. No fim ficou bom, mas eu sempre acho que podia ser diferente.

 

toptricot

Terça-feira de carnaval: frente pronta, quase lá.

Acabei de tricotar na quarta-feira de cinzas, depois rolou o blocking e mais os acabamentos. Em uma semana estava com a peça pronta e já em uso. Fiquei mega feliz, pois essa é a primeira peça de roupa que consigo terminar e usar! \o/

Tenho várias peças em produção, mas eu sou tão lenta e dedico pouquíssimo tempo para o tricot. Coisa que pretendo mudar, pois estou apaixonada por tricot.

Algumas pessoas pediram a receita do top, ele fez o maior sucesso. 😀

Então, se mais pessoas tiverem interesse vou tentar montar a receita. Deixe nos comentários o seu interesse. 😉

E se você gosta de tricot me segue no Ravelry, uma comunidade para tricoteiras e crocheteiras.

Te espero!